Estética do Sorriso

O que é a estética do sorriso?

Considero a estética do sorriso como a harmonia no alinhamento dos dentes em conjunto com gengiva e formato do sorriso, com arco para cima.

Um sorriso bonito tem sido foco de atenção no sentido de melhora da aparência estética e da auto-estima.

A beleza objetiva é baseada na consideração do próprio objeto. São princípios científicos e artísticos que, considerados coletivamente, podem criar um sorriso bonito. Estes princípios foram estabelecidos através de registros de pacientes, modelos de diagnóstico, pesquisas, medidas científicas e conceitos artísticos de beleza, que se considerados e aplicados corretamente, determinam como resultado final o sorriso ideal. 

Faces bonitas possuem proporções próximas às ideais. O ser humano é geneticamente pré-determinado a apresentar a referida proporção. Entretanto, na grande maioria, o posicionamento artístico ideal dos maxilares e dos dentes muitas vezes não se manifesta naturalmente por herdarmos o formato dos dentes do pai e ou a boca da mãe, por respirarmos pela boca ou por hábitos como chupar o dedo, roer unhas, posição e postura de dormir.
A restauração estética tem como objetivo restaurar e reconstruir dentes que sofreram lesões por trauma ou por cárie e melhorar, em curto prazo, a harmonia do sorriso do paciente por meio de uso de facetas laminadas e do fechamento dos espaços entre os dentes (diastemas).

Facetas laminadas são reconstruções da face frontal dos dentes e podem ser feitas diretamente na boca do paciente (resina composta), ou em porcelana, em laboratório.

O fechamento de diastemas é a restauração estética que melhora a harmonia do sorriso. Normalmente se faz com resina composta, diretamente na boca do paciente.

Muitas vezes utilizamos meios de "maquiagem" dental, alterando sua forma com resina composta, para harmonizar sorrisos em pacientes sem disponibilidade de realizar um tratamento ortopédico, que lhe traria conscientemente maiores benefícios, porem sem condições de realizá-lo no período.








      E o que já se fazia em resina composta em 1998... com conservação máxima de estrutura dental.








Alguns exemplos de Próteses Fixas Estéticas, como alternativas para quem não deseja realizar implantes.